Mickey Madden, baixista dos Maroon 5, detido por violência doméstica

O músico foi detido pela polícia de Los Angeles no passado dia 27 de junho. A banda já reagiu ao sucedido.

Redação
01 julho 2020, 18:29

 

Mickey Madden, baixista dos norte-americanos Maroon 5, foi detido sob a acusação de violência doméstica. A confirmação foi feita pela polícia de Los Angeles. Ainda segundo fontes policiais, o músico esteve detido durante algumas horas mas acabou por ser libertado mediante o pagamento de fiança. A identidade da alegada vítima não foi divulgada. 

Entretanto, os Maroon 5 já reagiram à notícia. "Estamos profundamente devastados com esta notícia dececionante. À medida que vamos sabendo mais sobre a situação, encaramos tudo com ainda mais seriedade. Por enquanto, estamos a dar espaço a todos os envolvidos para que as coisas se resolvam", disse um porta-voz da banda citado pelo The Guardian.  

Madden, de 41 anos, já teve problemas com a justiça há alguns anos. Em 2016, foi detido por, alegadamente, ter passado cocaína a um homem num bar de Nova Iorque. Na altura, o músico chegou a prestar serviço comunitário.