Primeiro-ministro australiano repreendido por pisar o relvado de um morador local

Momento aconteceu durante uma conferência de imprensa que serviu para anunciar um novo pacote de ajuda financeiro, desta vez para o setor da construção.

Scott Morrison/Twitter
Pedro Andrade
05 junho 2020, 17:14

O que parecia uma simples conferência de imprensa acabou por assumir contornos cómicos à conta de um relvado.

Confuso? Tudo aconteceu quando o primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, falava à comunicação social sobre um novo pacote financeiro de ajuda ao setor da construção, que naquele país registou quebras significativas durante a pandemia da Covid-19. 

Enquanto falava sobre as novas medidas de apoio ao chamado “sonho australiano”, o governante foi interrompido por um morador local.

“Saiam do meu relvado, por favor. Acabei de semeá-lo”, disse o homem visivelmente irritado com a situação.

Scott Morrison rapidamente “obedeceu” e fez o mesmo pedido à comitiva governamental e aos jornalistas.

“Sem problema”, disse o primeiro-ministro australiano entre acenos e um sorriso ao morador, que depressa voltou a casa assim que percebeu que a questão ficou resolvida em alguns segundos.