O "choro" do burro e do dono na hora do reencontro

Depois do confinamento, o reencontro entre o dono e o animal tem-se espalhado pelas redes sociais.

Redação
22 maio 2020, 16:10

As últimas semanas, um pouco por toda a Europa, têm sido de reencontros, ainda que com distanciamento social, depois de dois ou três meses com a população de vários países em confinamento, por causa da pandemia de Covid-19. E se acha que só os humanos é que sentem a distância e saudades, poderá estar enganado, atendendo à reação do burro Baldomera, que vive em Málaga, e que se tem espalhado pelas redes sociais para lá da fronteira espanhola.

A história é simples: depois de dois meses fechado em casa por causa da obrigação de confinamento social, o espanhol Ismael Fernández, de 38 anos, decidiu, depois do alívio de algumas restrições, visitar a família que vive numa quinta e onde se encontra também o seu burro de estimação chamado Baldomera. Ismael, que é jornalista, decidiu gravar esse reencontro, até porque tinha algumas dúvidas se o animal o iria reconhecer.

O vídeo, que foi partilhado nas redes sociais na segunda-feira e que, para além dos meios de comunicação social espanhóis, teve também eco no Reino Unido, mostra Ismael a chorar e o burro a zurrar alto e de uma forma estranha que se confunde também com choro.

O melhor mesmo é ver e ouvir para confirmar:

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Mira que le dije a mi humano que pasase la cuarentena conmigo pero el trabajo y el amor (otro amor ??) no se lo permitio´

A post shared by Baldomera (@baldomerayyo) on