Como Fiona Apple ajudou Dave Grohl em dias de quarentena

O novo álbum da cantora e compositora norte-americana, lançado em abril, ajudou Grohl nestes tempos de isolamento social.

Redação
22 maio 2020, 12:39

 

Numa entrevista dada, na semana passada, ao Entertainment Weekly, o frontman dos Foo Fighters confidenciou que o novo álbum da norte-americana tem sido uma preciosa ajuda nestes tempos de isolamento social. "Fetch The Bolt Cutters" foi lançado no passado dia 17 de abril e tem recolhido as melhores críticas. É o primeiro disco que a cantora e compositora edita em oito anos.
 
Grohl mencionou o aguardado álbum quando foi questionado sobre o papel crucial da música em tempos mais delicados. "É verdade. Graças a Deus pelo novo álbum da Fiona Apple! É lindo e demorou até sair", respondeu o músico norte-americano.  

Quanto às consequências da pandemia naquele que seria o ano para celebrar os 25 anos dos Foo, Dave Grohl disse que prefere não pensar muito no assunto. "Tínhamos muitos projetos para lançar agora. Temos um documentário, um projeto secreto com o qual estamos muito entusiasmados, uma digressão, um novo álbum, fizemos um vídeo… tudo isto está suspenso. Queria muito que tudo isto acontecesse no aniversário", disse Grohl.

"Quando surgiu a pandemia, esqueci-me do disco, do documentário e do vídeo. Foquei-me na minha família, tal como toda a gente", continuou. 

Em relação ao abalo sem precedentes na indústria musical, o homem dos Foo Fighters mostra-se otimista. "Vai voltar. Acredito que a dada altura as pessoas vão voltar à rua para apanhar sol e vão querer partilhar música - faz parte da natureza humana", acrescentou.