Como casar online em tempos de pandemia e ter milhares de "convidados"? na Índia tem sido simples

Na ìndia a pandemia apanhou a altura forte dos casamentos e muitos milhares de cerimónias foram canceladas. Mas há soluções.

Nuno Castilho de Matos
08 maio 2020, 13:27

Casar em tempo de pandemia e de confinamento passa a ser também um desafio para os noivos que não querem adiar a data. Ao longo das últimas semanas têm surgido algumas histórias de casamentos através de aplicações que servem para videochamadas. É uma forma dos noivos conseguirem ter também convidados, ainda que virtualmente.

A AFP conta a história do casal indiano Sushen Dang e Keerti Narang que "deu o nó" através da aplicação Zoom, hoje em dia muito usada para reuniões de trabalho ou de amigos. Tiveram milhares de convidados a assistir pelo écran e "uma estridente dança de Bollywood".

A Índia é também conhecida por casamentos luxuosos que duram dias. Neste caso, o jovem de 26 anos explicou à AFP que na aplicação participaram 100 convidados, mas a cerimónia foi transmitida no Facebook, alcançando 16 mil pessoas.

A cerimónia terminou com familiares a apresentarem uma dança ao estilo de Bollywood.

 

 

 

O isolamento social na Índia aconteceu exatamente na altura em que começava a temporada de casamentos. Foram cancelados muitos milhares de casamentos, mas outras empresas decidiram modificar o negócio e apostar em cerimónias virtuais.

 

Mais de 10 milhões de casamentos são realizados anualmente no país.