A história da Márcia e do Filipe - "Eu sempre quis ter um príncipe na minha vida. Ele é o meu príncipe"

Histórias de amor contadas na primeira pessoa.

Foi amor à primeira vista ou ao décimo quinto jantar?

Estão juntos até hoje ou já seguiram caminhos distintos? Passaram por zonas de turbulência?

Vanessa Cruz convida-o a ouvir falar de amor!

Sonoplastia de Nuno Gonçalo.

Com a Márcia e o Filipe aconteceu tudo muito rápido. Ele ouviu-a cantar na rádio e ficou "agarrado à coluna do computador", encantado com a voz dela. Semanas depois conhecia-a pessoalmente, mas "fugiu". Por pouco tempo. Até porque ela percebeu desde o início que ele "era um tesouro", o seu "príncipe Filipe". A paixão foi de tal forma avassaladora que, duas semanas depois de começarem a namorar, decidiram ser pais. Esta é uma história regada com boa música e pormenores deliciosos.

O Frederico tinha quatro filhos e um casamento feliz. Até que um acidente de carro mudou a sua vida para sempre. Ficou viúvo e refugiou-se no apoio que familiares e amigos lhe davam. Entre eles estava Rita, a sobrinha da mulher que acabava de perder. Essa ligação fez com que ficasse baralhado quando percebeu que estava a apaixonar-se por ela. Contra todas as pressões sociais e até resistência dos antigos cunhados, pediu-a em casamento. Mais de vinte anos depois têm mais quatro filhos (num total de oito), e deixam uma mensagem positiva a todos os casais que enfrentam provações grandes.


 
João Pedro era técnico da rádio, onde a Dora trabalhava como locutora. "Achava-a especial, mesmo!". Ao ponto de ter terminado o namoro que tinha e começar a deixar-lhe recados em papel no vidro do estúdio. A Dora percebeu logo que não era uma simples amizade. Meses depois estavam a namorar, até que ela o pediu em casamento. A cerimónia foi há 26 anos. E quatro filhos depois, olham para trás e percebem que já passaram por períodos muito difíceis. Foram os ensinamentos da igreja católica e o trabalho que desenvolvem nas Equipas de Nossa Senhora que lhes deram ferramentas para continuar juntos. Também o amor que sentem um pelo outro. E deixam alguns conselhos úteis a todos os casais....
Conheceram-se em Deli, a capital indiana, quando estudavam português. O caloiro acabou por se apaixonar pela veterana. Mas esperou alguns anos até que ela admitisse que também gostava dele. Seguiu-se nova batalha: convencer as famílias a apoiarem o casamento. "Há muito drama na nossa história", explica Dimple, atualmente a trabalhar na embaixada da Índia em Lisboa. Mas Shiv, professor de Hindu na Universidade de Lisboa, não desistiu e teve mesmo de recorrer à chantagem: "Ou me caso com a Dimple ou não me caso com mais ninguém!". Uma história para guião de Bollywood.

A admiração pelo trabalho da Solange F já vinha de longe... Catarina estava habituada a vê-la na televisão. Não imaginava que, anos depois, no momento em que decide pedir-lhe amizade no Facebook a resposta seria imediata. Na altura, Solange estava numa relação e a ligação ficou-se pela amizade. Até que se dá uma reviravolta na sua vida amorosa e ambas acabam por perceber que só fazia sentido estarem juntas. Hoje em dia são uma família, juntamente com Nuna, a filha de Solange. 

No Dia dos Solteiros, o Filipe partilhou a imagem que a Rádio Comercial tinha publicado no Facebook sobre a data. A Cláudia comentou a publicação dele. Daí a começarem a falar foram algumas horas. Ele morava no Algarve e ela na Margem Sul. Depressa a distância se tornou curta, até que decidiram casar. Este é um amor com o patrocínio da Rádio Comercial!

A Ana Isabel Arroja tinha 19 anos quando foi bater à porta da rádio Super FM, para pedir um estágio. Francisco Gil, então diretor, abre a porta e dá de caras com ela e com o pai dela. Mal sabia que estava perante a futura mulher e mãe dos seus filhos. E do sogro. Mas o namoro não começou logo. Primeiro, ela ainda assistiu a outra relação dele com uma colega em comum. Até que ela lhe enfiou um "caça-maridos" no dedo. Vinte anos depois continuam a trabalhar juntos e dizem que isso ainda fortalece mais o casamento! Ainda que com algumas ciúmes pelo meio. 

Nas gravações de uma novela, a Sara Barradas ia espreitar as cenas com o José Raposo. Quando falavam, nos corredores, engasgavam-se... até que perceberam que sentiam mais do que uma simples admiração profissional. Contra os preconceitos alheios casaram de surpresa, na presença das famílias e amigos de ambos. Os 27 anos de diferença não seriam um obstáculo ao amor. "Amor sincero", destacam. Estão juntos há oito anos, e gostam de dançar em casa ao som de música brasileira, ainda que a Sara seja um "pé de chumbo".
A Joana é de Ovar, o Pedro é de Coimbra. Conheceram-se de pijama, nos Hospitais da Universidade de Coimbra, onde foram operados. "A nossa história de amor caracteriza-se bem como a história de terror". Na altura, estavam desfigurados. "Ele estava tudo menos lindo, estava terrível! Mas foram os defeitos de fabrico que nos uniram". Estão juntos há 16 anos e a caminho do terceiro filho. 
Carlos do Carmo seduziu a Judite através do rádio. "Ninguém cantava o fado como ele e quis conhecê-lo". Foram apresentados no Faia, no Bairro Alto. Nessa noite, sem perceber, começaram logo a namorar, quando ele a encostou à parede do bar e lhe pediu para ela passar a ver através dos olhos dele. "Nada machista! Mas atrapalhou-me bastante." Seis meses depois ele pedia-a em casamento. Judite não queria, mas 54 anos depois continua a dar-lhe um beijinho todas as vezes que ele sobe ao palco.
A história da Patrícia e do Paulo começou num concerto de rock. Era a primeira vez que a Patrícia, então com 18 anos, saía com amigos para dançar. Nessa noite, o Paulo subiu ao palco para dedicar uma música à Patrícia. Pouco depois teve de a levar ao hospital! "Não me lembro de mais nada. Acordei já com o médico a falar comigo". Dias depois começava o namoro que dura há 23 anos. 

A história da Marisa e do Tiago começou através da música! Num corredor da escola onde ambos estudavam, Tiago ouviu uma voz feminina que o levou a espreitar para dentro de uma sala, para perceber quem é que estava a cantar. Não descansou enquanto não arranjou maneira de meter conversa com a Marisa. Aos 18 anos perceberam que tinham encontrado um amor para a vida. Dias depois, a vocalista dos Amor Electro pedia o atual noivo em namoro, quando ele estava a lavar os dentes!

A história da Sofia e do Pedro começou em Barcelona por causa de um jogo de futebol! Portugal jogava para o apuramento do europeu de 2008 e os dois torciam pela seleção num café português. Aquele que era suposto ser um ano de "Viving La Vida Louca!", com o programa Erasmus, acabou por ser o início de um namoro que dura há dez anos, três deles à distância. Hoje vivem em Londres, com o Xavier, o filho de ano e meio!

Veja Também em Podcasts

Recomendamos

Back to Top