Seu Jorge canta Tom Jobim

A obra de um dos artistas mais relevantes da música popular brasileira será interpretada por dois grandes músicos: Seu Jorge e Daniel Jobim, emprestam os seus talentos e reproduzem parte da obra de António Carlos Jobim.

A obra de um dos artistas mais relevantes da mu´sica popular brasileira vai ser interpretada por dois grandes mu´sicos. Seu Jorge e Daniel Jobim emprestam os seus talentos e reproduzem parte da obra de Anto´nio Carlos Jobim. Este projeto ganha forma, quando os dois se encontram na festa de aniversa´rio de uma amiga que te^m em comum, neste reencontro, falaram e celebraram este encontro de uma forma bastante alegre. Dias depois, Seu Jorge telefonou a Daniel e apresenta-lhe esta ideia e convida-o para esta grande aventura, a` qual o Daniel prontamente aceitou. O reperto´rio deste espeta´culo, tera´ as exaltac¸o~es de Tom ao amor e ao Rio de Janeiro, as parcerias com Vini´cius de Moraes e de tantos outros como esta patente nas obras como: Corcovado, Garota de Ipanema, Lui´za, Eu Sei Que Vou Te Amar, Li´gia, A Felicidade, entre muitos outros sucessos.

Sobre a escolha do reperto´rio, Daniel logo adverte: "A selec¸a~o das canc¸o~es e´ algo bastante natural, de acordo com o corac¸a~o de cada um, das mu´sicas que Seu Jorge gosta de cantar. E´ muito bom, porque flui naturalmente e isso deve transparecer no palco. Sa~o mu´sicas que gostamos e estamos acostumados, sem preocupac¸a~o com tons diferentes". Para Seu Jorge interpretar as canc¸o~es de Tom e´ uma mistura de bons sentimentos: "Cantar esse reperto´rio e´ um presente incri´vel para mim ao mesmo tempo que e´ um desafio enorme! O amor esta´ de volta. Tom Jobim vive", declara o mu´sico.

Durante a apresentac¸a~o, Daniel Jobim e Seu Jorge alternam momentos nosta´lgicos, grandes verso~es e impresso~es pessoais sobre o poeta. Seu Jorge sempre teve o desejo de interpretar a obra de Tom e viu a oportunidade surgir apo´s o reencontro com Daniel Jobim. Antonio Carlos Jobim, foi sem sombra de du´vidas um dos maiores compositores do mundo e um dos maiores hero´is da mu´sica brasileira. Uma mente criadora com a preocupac¸a~o de fazer uma mu´sica genuinamente brasileira com os seus belos acordes e poesia pura. As suas canc¸o~es eternas, enchem o corac¸a~o das pessoas de alegria, romantismo e esperanc¸a", reflete Seu Jorge.

Antonio Carlos Jobim, foi compositor, pianista, arranjador, cantor e violonista e completaria 93 anos em janeiro deste ano. Um dos grandes i´cones da MPB deixou-nos aos 67 anos e foi um dos mais importantes artistas brasileiros a levar a mistura do samba, do cla´ssico, do jazz e da bossa nova a um patamar internacional de releva^ncia. Desde a parceria com Joa~o Gilberto, Chico Buarque, Baden Powell ate´ Frank Sinatra. Tom escreveu parte do histo´rico da cultura brasileira e deixou um extenso legado entre trilhas de obras cinematogra´ficas, parcerias, contribuic¸o~es, a´lbuns e participac¸o~es.

"Eu, felizmente, tenho muitas lembranc¸as do meu avo^. Pude conviver bastante com ele. Comec¸ava a tocar canc¸o~es muito cedo, a partir das 6 da manha~, eram mu´sicas cla´ssicas que ele exercitava todos os dias. Antes de compor ele tocava algumas pec¸as, fazia um estudo antes. Quando ele comec¸ava a compor as ideias ja´ surgiam. Eu lembro dele tocando Brahms, Chopin, Debussy, Rachmaninov. De manha~ cedo ja´ era aquela mu´sica iluminada. Isso realmente marca bastante, a gente na~o esquece", emociona-se Daniel.

 

DANIEL JOBIM
Filho do violonista Paulo Jobim e neto de Tom Jobim, Daniel e´ cantor, compositor e pianista. Ja´ dividiu o palco com nomes como Caetano Veloso, Chico Buarque, Milton Nascimento, Roberto Carlos, Stevie Wonder, Dorival Caymmi, entre muitos outros. Vencedor do pre^mio Grammy como produtor do a´lbum "Antonio Brasileiro", no ano de 1995, Daniel participou de projetos musicais importantes relacionados com a bossa nova, ale´m de tourne´es internacionais de grande sucesso e destaque.

SEU JORGE
A primeira realizac¸a~o profissional como mu´sico foi em 1998 na banda Farofa Carioca, onde lanc¸ou o seu primeiro disco, misturando ritmos de va´rias partes do mundo, como samba, reggae, jingo, funk e rap. Depois disso foram mais de uma dezena de projetos musicais e gravac¸o~es de Cds e Dvs, ale´m de va´rias bandas sonoras. Por dois anos consecutivos (2003 e 2004) ganhou o pre´mio de melhor cantor do ano, atribui´do pela Associac¸a~o Paulista de Cri´ticos de Arte. As suas tourne´es internacionais, te^m colocado Seu Jorge como um dos artistas brasileiros mais internacionais e reconhecidos da sua gerac¸a~o. Seu Jorge define-se como cantor e compositor popular, que gosta de inu´meros ge´neros musicais, mas cujo fundamento e´ o samba, e´ tambe´m ator, fazendo parte do elenco de va´rios filmes como “ Cidade de Deus”, “The Life Aquatic”, “Tropa de Elite 2” “Pixinguinha”, Maringhella”, “Irmandade”, entre muitos outros.

 

agenda

05 jul

2020
dom • 21:30

Porto - Super Bock Arena | Pavilhão Rosa Mota