NO AR:

João Só regressa aos concertos!

Duas novas datas!

JOÃO SÓ APRESENTA NOVO ÁLBUM COM CONCERTOS EM NOVEMBRO E DEZEMBRO
 

 

O quinto álbum de originais de João Só, “Nada é Pequeno no Amor”, será revelado aos fãs no próximo mês de outubro com edição física e digital e contará com dois espetáculos de apresentação. Dia 24 de novembro o músico sobe ao Palco do Teatro Maria Matos, e dia 01 de dezembro é a vez de rumar a norte para um espetáculo na Casa da Música. Os bilhetes já se encontram disponíveis nos pontos de venda habituais.

Os dois espetáculos de apresentação do mais recente trabalho de João Só darão que falar. O músico prepara duas atuações minuciosamente desenhadas e que contarão com uma narrativa muito especial, rodeado de alguns dos músicos e amigos que mais admira.

São muitos os êxitos que fazem de João Só um dos mais respeitados músicos do panorama nacional. Com 12 anos de carreira, o artista já conta com quatro álbuns de originais, entre eles “Ela Só”, o disco que deu a conhecer “Sorte Grande”, e várias colaborações de sucesso, como é o caso do EP conjunto com Miguel Araújo, “Não Entres Nesse Comboio Amor”. 2021 é o ano de novos temas e novas apresentações ao vivo.

"Nada é Pequeno no Amor" é um disco muito desejado apesar de arriscado pois esteve para nunca ter sido feito. Não sei se foi o receio de abrir as portas de minha casa às pessoas que me ouvem ou o medo de assumir que o meu “rock ‘n’ roll” é como diz o Paul McCartney: “Para mim rock n roll é casar e ter filhos”.  Tenho um pequeno grande problema que é o facto de estar constantemente a compôr canções que vou acumulando numa "gaveta". Este disco que aguarda a luz do dia há tanto tempo, pela infeliz pandemia que se abateu sob todos nós, já viu o seu alinhamento mudar várias vezes, tantas vezes que acabou ser um disco completamente novo. Confesso que nem hoje sei se a escolha de canções que fiz foi a melhor, mas uma coisa é certa, são as que neste momento mais me tocam no coração. Estou desejoso de vos revelar estas canções e mais ainda de subir a palco e sentir o calor do público e a reação a este novo trabalho".