NO AR:

Egípcio comove Tóquio

O atleta que não tem braços destacou-se nos Paralímpicos!

Eugene Hoshiko/ AP/ Associated Press

No segundo ano consecutivo em que participou nas Jogos Paralímpicos, Ibrahim Hamadtou fascinou todos com a forma única de jogar. Devido ao facto de não ter braços, o jogador egípcio usa a boca para segurar na raquete e os pés para lançar a bola.

Foi aos 10 anos que Hamadtou perdeu os braços num acidente de comboio. Apesar de ter recebido comentários menos positivos dos amigos, nunca desistiu do seu sonho: ser tenista de mesa.

Eugene Hoshilo/ AP/ Associated Press

“Eu estava a moderar um jogo de ténis de mesa entre dois amigos meus. Eles discordaram num dos pontos. Quando eu dei o ponto a favor de um deles, o outro jogador disse: “não intervenhas, tu nunca vais conseguir jogar!””, contou o atleta numa entrevista com a Federação Internacional de Ténis de Mesa. Foi esta afirmação depreciativa que despertou a vontade em Ibrahim de jogar ténis de mesa profissional.

As imagens do mais recente jogo, nos Jogos Paralímpicos, deixaram os espectadores fascinados e desde que foram parar às redes sociais, os internautas estão igualmente admirados com a força de vontade e profissionalismo do atleta.

Bob Martin/ Olympic Information Services/ Associated Press

O egípcio de 48 anos perdeu o jogo contra Park Hong-kyu, da Coreia do Sul, mas ganhou o apoio de milhões pela sua dedicação.