Covid 19: Parentalidade consciente e como lidar com a incerteza

'Um dos grandes mitos da parentalidade é acharmos que temos sempre que saber o que responder aos nossos filhos e isso não lhes serve de muito'.



Em tempos de incerteza, o truque é aceitar. Mikaela Oven é facilitadora de Mindfulness, Coach, Formadora e Palestrante - pertencia, aliás, ao painel de oradores do Planetiers, um evento internacional de sustentabilidade que aconteceria em abril de 2020 em Lisboa. É também autora do Livro “Heartfulness – Enfrente a vida de coração aberto” e “Educar com Mindfulness” e fundadora da Academia de Parentalidade Consciente.

Mas o que é isso de Parentalidade Consciente? “É muito mais sobre desaprender do que sobre aprender”, diz Mikaela Oven. “É olhar além do comportamento da criança. Convida-nos a decidir quais são as nossas intenções enquanto pais e perceber que o comportamento dos nossos filhos é só uma questão de comunicarem as suas necessidades. Temos de adaptar as nossas estratégias às necessidades das crianças”, esclarece a especialista em parentalidade consciente. 

(Nós sabemos que está em casa com os seus filhos há muitos dias. Respire fundo).

“Um dos principais focos é o desenvolvimento de uma auto-estima saudável, porque serve de sistema imunitário social, é o que protege os nossos filhos perante os desafios da vida. O minduflness é um dos truques, porque ajuda a escolher o espaço entre a ação e a reação - e o mindfulness é útil sobretudo para os pais”.

Mikaela Oven sublinha a importância de uma “família onde existe o igual valor, onde há espaço para todos, sendo que os pais continuam a ser os líderes da equipa, mas onde há harmonia e uma intenção de satisfazer as necessidades de todos os membros da familia. Se calhar há famílias onde vai haver co-sleeping e outras não - cada uma vai saber o que funciona para si. O que não vai haver são castigos, ameaças, subornos e técnicas muito comuns da parentalidade - vai haver diálogo e comunicação consciente, onde treinamos exprimir as nossas necessidades, emoções, e treinamos o saber respeitar isso uns dos outros”. Parece um sonho, não é?

Pode sempre tentar aprender algumas técnicas no curso on-line gratuito que Mikaela Oven está a lançar com o marido Pedro Vieira: Kit Mental & Emocional - https://promo.lifetraining.com.pt/kit-mental-curso-online-introducao-ao-desenvolvimento-pessoal

Sobre os tempos que vivemos, Mikaela Oven convida à aceitação: “O primeiro passo para lidar com a incerteza é aceitarmo-la como parte integrante da nossa vida - incerteza ou falta de controlo. Curiosamente, quando nos abrimos a isso, é a única forma de ganharmos alguma sensação de controle. Se não procurar lutar contra a incerteza, admitir que ela existe e não tentar fugir dela, cria um espaço mais seguro. É importante sermos honestos com os nossos filhos sobre a falta de respostas que temos. Se conseguirmos fazer isso a partir desse sítio de aceitação, eles não se vão sentir inseguros. Se eles sentirem que em nós há uma calma, uma tranquilidade base apesar da incerteza, eles ficam bem”.

Quando terminar de ler este artigo, fica o desafio: uma atividade de mindfulness que implica preparar uma série de taças com alimentos diferentes, alguns com sabores agradáveis, outros desagradáveis - depois as crianças são vendadas e têm de adivinhar qual é o alimento. Ajuda a estar focado no momento presente e a estimular todos os sentidos, menos a visão. Nota: também não precisa da visão para ouvir a Rádio Comercial, consigo em todos os momentos. 

 

Ana Martins 
Era o Que Faltava