Mil e uma noites (e 10 bons motivos) para descobrir o Uzbequistão

Todas as semanas, a Rádio Comercial dá-lhe o roteiro perfeito para a sua viagem.

Descarregue o podcast e apanhe boleia com a Comercial. 

Sempre à segunda-feira, um novo episódio com histórias de viagens vividas pela equipa da Rádio Comercial e também por personalidades da música e cultura. 

Com Ana Martins e sonoplastia de Mário Rui. 

Subscrever o Podcast (e descarregar para o seu telemóvel)

Ai Destino: Uzbequistão com Rafael Polónia (Ouvir)

0:00
0:00

AI DESTINO: UZBEQUISTÃO COM RAFAEL POLÓNIA

Rafael Polónia é líder de viagens e apaixonado por países maioritariamente muçulmanos - gosta de tentar perceber aquilo que a televisão não nos mostra.

Este país em particular, mesclado com a cultura soviética, encheu-lhe as medidas. Até porque é o único país com o feriado nacional do melão!!! 

 

10 Motivos para Conhecer o Uzbequistão:

  1. Países que acabam em “ão” metem medo às pessoas. Ou seja, têm pinta.
  2. No Uzbequistão falam uzbeque, falam uma mistura de farsi e tajique e falam russo. Comunicar é uma aventura!
  3. A Ásia Central e o Médio Oriente são tão hospitaleiros que acaba por nem montar a tenda: convidam-no para dormir nas mesas-camas que ficam à porta das casas (um estrado onde durante o dia se come, e durante a noite se dorme ao relento). Mas também oferecem um sofá ou uma cama.
  4. A capital e as principais cidades estão muito bem servidas de comboios e táxis. É um país fácil de se viajar, a não ser que vá para regiões recônditas.
  5. É tudo muito bem organizado e não há um papel no chão – foi o país mais limpo onde o Rafael esteve até hoje.
  6. O melhor é voar até Tashkent, a capital, e depois descer até Samarcanda, a cidade mais importante da Rota da Seda.
  7. A cidade de Riva é uma das mais bonitas do mundo, apesar de lá passar a rota dos Escravos. A maior parte deles conquistados nas guerras.
  8. O mar de Aral já foi o 4º maior mar do mundo e neste momento é um dos lagos mais pequenos do mundo. O desaparecimento do Mar de Aral é uma das maiores catástrofes provocadas pelo homem do mundo. Para estimular o cultivo de algodão, políticas de irrigação agressivas implementadas pelos soviéticos transformaram 90% do que costumava ser o quarto maior lago do mundo num deserto. São seis horas de carro para visitar um cemitério de barcos chocante.
  9. São o único pais do mundo onde há o feriado nacional do melão (têm grande cultura de melão e melancia).
  10. O gás natural é gratuito lá. Em 2011, o Rafael chegou a desligar um bico de gás porque eles deixavam o gás ligado o dia todo no mínimo. Foi repreendido porque os fósforos custam dinheiro…e o gás não.

 

Veja Também em

Recomendamos

Back to Top