8 experiências a não perder em Nova Iorque

Todas as semanas, a Rádio Comercial dá-lhe o roteiro perfeito para a sua viagem.

Descarregue o podcast e apanhe boleia com a Comercial. 

Sempre à segunda-feira, um novo episódio com histórias de viagens vividas pela equipa da Rádio Comercial e também por personalidades da música e cultura. 

Com Ana Martins e sonoplastia de Mário Rui. 

Subscrever o Podcast (e descarregar para o seu telemóvel)

 

AI DESTINO: NOVA IORQUE COM MAZE (DEALEMA)

Chegou a Nova Iorque e pensou “acho que conseguia fazer aqui a minha vida”.

Maze, dos Dealema, é um dos rappers mais conceituados em Portugal, com mais de duas décadas de carreira, e é a pessoa certa para levá-lo numa visita pela Nova Iorque musical e artística.

Um roteiro direcionado para o rap e hip-hop, mas também para os bares de jazz, para a arquitectura e para a arte.

 

8 experiências a não perder em Nova Iorque:

 

  1. Respirar a cultura do rap e hip-hop nas ruas - “ao andar em Nova Iorque, vais passando pelos murais de graffitis que nasceram nos anos 70 transformados em edifícios de street art, pessoal a breaker no metro, MC’s a fazerem improviso nos parques, big boys a fazerem espetáculos nos parques…”
  2. Bares de jazz imperdíveis: o Smalls, o incontornável Blue Note e o Fat Cat, um salão de jogos onde as pessoas estão a jogar bilhar ou ping-pong e de repente tens uma banda underground de jazz a tocar entre o ruído do jogo.
  3. Brooklyn e Williamsburg são ótimos para fazer compras mais alternativas; Bushwick é uma zona artística emergente.
  4. A arquitetura é um dos maiores atrativos. Uma das zonas que Maze mais gostou é o Highline, uma antiga linha que foi reabilitada e que desemboca numa zona onde há um edifício incrível que se chama The Vessel, um misto de edifício e instalação, e que basicamente é um miradouro em que se sobe em espiral.
  5. As subidas aos arranha-céus são obrigatórias: Empire State Building e o One World Trade Center. O lusco-fusco é uma boa altura para ver Nova Iorque de cima.
  6. O diner Tick Tock é central e genuíno, com aqueles sofás de napa que vemos nos filmes e comida boa.
  7. Museus a não perder: o Guggenheim, o MET, o Whitney, o Brooklyn Museum e o MOMA.
  8. Ver um jogo de NBA no Madison Square Garden, comprar pipocas, cachorros e coca-colas gigantes.

Veja Também em

Recomendamos

Back to Top