PM pede aos portugueses para "não desaproveitarem" oportunidade de votar

Antónia Costa considera que é "o único momento" em que os cidadãos são todos iguais.

EPA
26 de maio de 2019 às 11:11PM pede aos portugueses para "não desaproveitarem" oportunidade de votar

O primeiro-ministro, António Costa, apelou hoje aos portugueses para "não desaproveitarem" a oportunidade de votar nestas eleições europeias e que "participem o mais possível", considerando que é "o único momento" em que os cidadãos são todos iguais.

"Eu acho que todos partilhamos o apelo do senhor Presidente da República de que é essencial participar nestas eleições, este é mesmo o único momento onde somos todos iguais no exercício do poder", afirmou o chefe de Governo, falando aos jornalistas depois de votar numa escola da freguesia de Benfica, em Lisboa.

No momento da votação, o poder de cada cidadão "é exatamente o mesmo, e essa é grande qualidade da democracia, é aquele momento em que cada cidadão é igual no exercício dos seus direitos", advogou o primeiro-ministro.

"E não devemos desaproveitar essa oportunidade. Portugal é, há muitos anos, membro da União Europeia, temos todos o dever, o direito e a ambição de participar na construção da Europa e de dizer também, na Europa, o que é que nós queremos para o futuro da união em que participamos", destacou.

Na ótica de Costa, é este o momento para os portugueses escolherem quem querem que os represente na União Europeia e, por isso, pediu que "as pessoas participem o mais possível".

O chefe de Governo e secretário-geral do PS exerceu hoje o direito de voto na escola básica Jorge Barradas, onde também foi abordado por alguns cidadãos que lhe deram as boas vindas a Benfica, freguesia para onde se mudou recentemente. 

O primeiro-ministro chegou acompanhado pela esposa e esperou alguns segundos na fila para a secção de voto, onde foi conversando com quem também aguardava para votar.

Depois de votar e de falar à comunicação social, António Costa regressou a casa a pé.

Cerca de 10,7 milhões de eleitores são hoje chamados a eleger os 21 deputados portugueses ao Parlamento Europeu, numas eleições a que concorrem 17 listas.

Votam para as eleições ao Parlamento Europeu cerca de 400 milhões de cidadãos dos 28 países da União Europeia, que elegem, no total, 751 deputados.
 

  • Partilhar

Caso tenha algum comentário a fazer:

Back to Top