Bloco de Esquerda pede exoneração do governador do Banco de Portugal

Mariana Mortágua diz que Carlos Costa não está acima de ser investigado pela participação nos créditos da Caixa.

11 de fevereiro de 2019 às 16:50Bloco de Esquerda pede exoneração do governador do Banco de Portugal

O BE apresentou hoje um projeto de resolução no qual pede a avaliação da idoneidade do governador do Banco de Portugal, considerando que Carlos Costa "não pode estar acima de escrutínio", e defendeu a sua exoneração do cargo.

"O governador do Banco de Portugal não pode estar acima de escrutínio. A suspeita quanto à sua idoneidade é, em si, incompatível com as funções que desempenha", lê-se no projeto de resolução (recomendação ao Governo) que deu hoje entrada na Assembleia da República.

Por isso, o Bloco de Esquerda quer a exoneração do governador do Banco de Portugal.

"É esse o objetivo deste projeto de resolução", afirmou a deputada Mariana Mortágua, em conferência de imprensa na sede nacional do partido, em Lisboa.

Em causa está a intervenção de Carlos Costa em créditos concedidos pela Caixa Geral de Depósitos quando era administrador do banco público.

"Depois de tudo o que aconteceu ao sistema bancário nacional, o país não pode compreender ou tolerar que um ex-administrador da Caixa, com responsabilidade em processos de decisão de crédito aparentemente ruinoso, utilize o seu lugar como responsável máximo do Banco de Portugal para garantir que não é incluído em futuros processos de avaliação", acrescenta o Projeto de Resolução

  • Partilhar

Caso tenha algum comentário a fazer:

Back to Top