Trabalhadores dos TST em greve

Protesto por aumentos salariais e revisão do atual Acordo de Empresa prolonga-se até às 15h00.

08 de fevereiro de 2019 às 07:46Trabalhadores dos TST em greve

Os trabalhadores da Transportes Sul do Tejo (TST) cumprem hoje uma greve entre as 03h00 e as 15h00 e reúnem-se em plenário para debater aumentos salariais, no âmbito da revisão do Acordo de Empresa.

Em 23 de janeiro, os trabalhadores reuniram-se com a administração da TST para negociar a revisão do Acordo de Empresa, em que lhes foi proposto o aumento do salário de 651,61 euros para 670 euros, além do acréscimo de 0,91 cêntimos nas diuturnidades e de mais cinco euros no trabalho em dia de folga, passando a receber 42,50 euros.

Os trabalhadores consideram a proposta da administração insuficiente e reúnem-se hoje às 10h00, na sede da empresa, no Laranjeiro, em Almada (Setúbal), para decidirem se aceitam ou não a proposta.

A TST desenvolve a sua atividade na Península de Setúbal, com 190 carreiras e oficinas em quatro concelhos, designadamente Almada, Moita, Sesimbra e Setúbal.

  • Partilhar

Caso tenha algum comentário a fazer:

Back to Top