Maroon 5 pressionados a boicotar Super Bowl

Rihanna faz parte da vaga de negas ao Halftime Show.

08 de janeiro de 2019 às 11:40Maroon 5 pressionados a boicotar Super Bowl

O conflito entre a National Football League (NFL) e o jogador de futebol americano Colin Kaepernick, que se ajoelhou durante o hino norte-americano em protesto contra o racismo nos Estados Unidos, provocou uma onda de recusas por parte da comunidade musical em atuar no Halftime Show do Super Bowl, a 3 de fevereiro, em Atlanta, no Mercedes-Benz Stadium.

A imprensa norte-americana e britânica tem dado conta de que Rihanna e Cardi B fazem parte dos artistas que deram nega ao convite para a mediática atuação, vista em direto por mais de 100 milhões de telespetadores na América do Norte. 

A banda que aceitou a proposta, os Maroon 5, tem sido pressionada a boicotar o Halftime Show, incluindo por vários movimentos civis e pelo rapper Jay-Z, forte ativista anti-Trump. A mesma pressão tem recaído também sobre o convidado dos Maroon 5 para esta atuação de 13 minutos, Travis Scott, numa altura em que a banda de Adam Levine se tem queixado da dificuldade em obter participações especiais neste espetáculo - um dos desejos dos Maroon 5 era ter em palco os Rolling Stones, a propósito da canção 'Moves Like Jagger'.

Esta dificuldade da NFL, apoiada pelo Presidente norte-americano Donald Trump (defensor público da imediata irradiação do jogador Colin Kaepernick), em conseguir ter músicos para assegurar o Halftime Show é inédita. A atuação no intervalo da final do Super Bowl é fortemente ambicionada por qualquer artista, atendendo à projeção que tem junto do grande público.

Desde 1991, quando a boy band do momento New Kids of the Block animou o intervalo, tornou-se um ritual na final da liga de futebol americano as grandes estrelas pop e rock fazerem o Halftime Show. Michael Jackson (em 1993), Aerosmith (em 2001), os U2 (em 2002), Paul McCartney (em 2005), Rolling Stone (em 2006), Prince (em 2007), Bruce Springsteen (em 2008), Madonna (em 2012), Beyoncé (em 2013) e Justin Timberlake (no ano passado) são apenas alguns dos exemplos dos muitos performers que fazem parte do histórico do Halftime Show do Super Bowl.

  

  • Partilhar

Relacionadas

  • Fãs de Adam Levine deliram com fotos da filha
    01 de março de 2018
    Fãs de Adam Levine deliram com fotos da filha
  • Justin Timberlake em dueto com Prince no Super Bowl
    05 de fevereiro de 2018
    Justin Timberlake em dueto com Prince no Super Bowl
  • JLo no concerto pré-Super Bowl
    24 de janeiro de 2018
    JLo no concerto pré-Super Bowl
  • Maroon 5 tocam no metro com Jimmy Fallon
    23 de novembro de 2017
    Maroon 5 tocam no metro com Jimmy Fallon

Caso tenha algum comentário a fazer:

Back to Top