David Guetta entre os lançamentos da semana

Novos discos também de Jungle e de Katia Guerreiro, a partir de hoje à venda.

14 de setembro de 2018 às 17:43David Guetta entre os lançamentos da semana

Sai hoje o álbum duplo do DJ francês David Guetta, "7". O primeiro disco está reservado às colaborações com músicos pop como Justin Bieber ou Sia, entre muitos outros. O disco nº2 é mais eletrónico, de predominânica house.

 

Não parece mas o álbum de estreia homónimo do coletivo de neo-soul Jungle tem já quatro anos. Hoje chega a todo o lado o segundo disco "For Ever", a nova razão que traz de volta a Portugal os Jungle, para um concerto no lisboeta Super Bock em Stock este ano, a juntar a um grupo numeroso de festivais portugueses que já fizeram.


 
Carlão lança hoje o novo longo "Entretenimento?", com algumas colaborações preciosas, como as de Manel Cruz (ex-Ornatos Violeta) e de António Zambujo, e com algumas aventuras como a dança do hip hop com a coladeira em 'Viver Pra Sempre'. Para saber mais, pode ler e ouvir aqui a nossa entrevista a Carlão.


 
Hoje os amantes do fado têm algumas novidades discográficas relevantes, vindas de Katia Guerreiro, com "Sempre", e da nova coqueluche Sara Correia, com o seu disco de estreia homónimo, com o apoio instrumental do guitarrista Diogo Clemente.

 

O nonagenário Tony Bennett é cada vez mais um duetista. Já fez discos inteiros com K.D. Lang e Lady Gaga e tem publicado álbuns de duetos com diferentes músicos. Agora, calhou a Diana Krall o título de parceira de duetos com Bennett, e logo para um álbum inteiro, "Love Is Here to Stay", desde hoje nas lojas. É um álbum de duetos, mas há um terceiro elemento que já não está entre nós há mais de 70 anos: George Gershwin. As 12 canções de "Love Is Here to Stay" tem a sua autoria e é o outro elo de ligação do disco.

 

O veterano do country Willie Nelson resolveu meter-se com os standards do jazz, mas bem à sua maneira. Isto é, "My Way", o tributo de Nelson ao seu velho amigo Frank Sinatra, cantando algumas das canções mais importantes, como 'Fly Me to the Moon', 'Night and Day' ou o 'tema-título'.

 

Ao fim de 12 álbuns, os norte-americanos Low continuam a descobrir sempre um ângulo novo para as suas canções de sadcore. O experimentalismo não é uma vaidade no caso deste casal (Alan Sparhawk e Mimi Parker, o par nucler do trio), pratica-se, apesar do jeito para as canções tradicionais desta banda. "Double Negative" é o novo álbum - o 12º capítulo daquela que já foi a banda mais lenta do planeta nos anos 90 - que vai ser tocado este mês em Portugal, no Lisboa Ao Vivo, no dia 29.

 

Saem também hoje novos discos do rocker britânico Paul Weller, "True Meanings", da lenda do folk-rock Richard Thompson, "13 Rivers", do guitarrista cinematográfico Marc Ribot, "Songs Of Resistance 1942-2018", dos spacerockers históricos Hawkwind, "Road to Utopia", dos indie-poppers Pale Waves, "My Mind Makes Noises", e dos norte-americanos Good Charlotte, "Generation Rx".

 

Concluimos esta revista de lançamentos com as reedições de três discos dos industriais britânicos Throbbing Gristle: "Journey Through a Body" e os ao vivo "Mission of Dead Souls" e "Heathen Earth".

 

 

 

  • Partilhar

Caso tenha algum comentário a fazer:

Back to Top