Chamada de emergência salvou a vida a Demi Lovato

A cantora esteve entre a vida e a morte, diz o TMZ, e continua internada.

30 de julho de 2018 às 11:40Chamada de emergência salvou a vida a Demi Lovato

Demi Lovato podia ter morrido na sequência da overdose que sofreu a 24 de julho se não fosse a chamada feita pela sua assistente para o número de emergência. Quem o diz é o TMZ.

Segundo a descrição do site, a cantora tinha estado a celebrar o aniversário de uma das suas dançarinas em Sunset Strip e, no final da noite, convidou alguns amigos para irem até à sua casa. Não se sabe a que horas terminou o convívio, mas Demi foi dormir e não voltou a sair do quarto. Preocupada, a sua assistente foi verificar se estava tudo bem e encontrou a cantora desmaiada, tendo ligado imediatamente para o 911.

A mesma fonte descreve que Lovato foi reanimada com Narcan, um fármaco usado para reverter os efeitos de uma overdose narcótica. A estrela, de 25 anos, nunca revelou o que tinha ingerido e continua internada no hospital Cedars-Sinai, em Los Angeles. Ainda não há certezas sobre a ida da cantora para um centro de reabilitação.

  • Partilhar

Caso tenha algum comentário a fazer:

Back to Top