NOS Alive: Escreveram mensagens que não eram dedicadas a nenhuma banda!

Encontrámos três jovens a escrever em cartazes e t-shirts, no recinto do NOS Alive, e apesar de serem fãs de várias bandas, contaram-nos que a música e a missão deles hoje é outra!

12 de julho de 2018 às 21:05NOS Alive: Escreveram mensagens que não eram dedicadas a nenhuma banda!

Estão no NOS Alive por uma boa causa.

Os três jovens que encontrámos sentados no recinto do NOS Alive, logo ao início da tarde, com canetas, t-shirts e placas escritas espalhadas pelo chão, vieram com o objetivo de divulgar um projeto social que se dedica ao combate de doenças, como a malária e a poli. 

Até nós, repórteres neste festival, fomos levados ao engano, é que ver fãs de bandas a preparar cartazes para assistir aos concertos é algo normal nestas andanças, mas encontrar três jovens de 20 anos que vieram ao Passeio Marítimo de Algés com o principal objetivo de espalhar a mensagem sobre o trabalho que fazem numa Organização Não Governamental (ONG), já é algo bastante invulgar. 


Luís Marques, Catarina Leitão e Rita Viera fazem parte do Rotaract Club, uma ONG que tem representação mundial, através do nome Rotary Club e que junta mais de um milhão de "gente que se preocupa com o Mundo".

Estes três festivaleiros por uma boa causa prepararam vários cartazes e estão no recinto do NOS Alive vestidos com t-shirts, onde estão inscritas mensagens sobre as várias campanhas solidárias que estão a desenvolver.

A Rotaract recolhe fundos que revertem, por exemplo, para a vacinação de doenças como a Poli ou a Malária. 

Oiça a entrevista aqui:

 

  • Partilhar

Caso tenha algum comentário a fazer:

Back to Top