Kendrick Lamar vence prémio Pulitzer

O prémio foi para o álbum "DAMN"; é a primeira vez que um rapper o conquista.

17 de abril de 2018 às 08:45Kendrick Lamar vence prémio Pulitzer

Kendrick Lamar venceu o prémio Pulitzer pelo álbum "DAMN". A notícia está na CNN.

O rapper e compositor norte-americano Kendrick Lamar recebeu um Pulitzer para a música, um prémio que galardoa os melhores projetos na área da composição musical, do jornalismo e da literatura. É a primeira vez que um rapper vence este prémio e, neste caso, foi devido ao álbum lançado em abril de 2017 e que já arrecadou a maioria dos prémios Grammy para que esteve nomeado.

A cerimónia foi criada em 1943 e durante muito tempo dava primazia à música clássica e jazz. Aliás, esta foi uma noite de estreias para a cerimónia de entrega de prémios, que aconteceu na Universidade de Columbia em Nova Iorque; foi também a primeira apresentada por uma mulher negra, Dana Canedy.

De acordo com o júri envolvido na escolha, o Pulitzer foi entregue ao rapper norte-americano devido ao "virtuoso conjunto de canções unidas pela autencidade vernacular e pelo dinamismo rítmico, que captam a complexidade da vida afro-americana moderna".

O disco regista a participação de Rihanna, dos U2 e de James Blake, mas também os sopros do saxofonista de jazz Kamasi Washington. Kendrick Lamar sucede a Angel's Bone, a cantora de ópera que arrecadou o prémio na edição do ano passado.

  • Partilhar

Relacionadas

  • Kendrick Lamar proíbe telemóveis nos seus concertos
    12 de fevereiro de 2018
    Kendrick Lamar proíbe telemóveis nos seus concertos
  • Kendrick Lamar anuncia alinhamento da banda sonora de "Black Panther"
    01 de fevereiro de 2018
    Kendrick Lamar anuncia alinhamento da banda sonora de "Black Panther"
  • Kendrick Lamar, o eleito da imprensa de 2017
    29 de dezembro de 2017
    Kendrick Lamar, o eleito da imprensa de 2017
  • Kendrick Lamar lança vídeo para 'Love'
    26 de dezembro de 2017
    Kendrick Lamar lança vídeo para 'Love'

Caso tenha algum comentário a fazer:

Back to Top