Bruno Mars acusado de apropriação cultural

A acusação partiu da escritora Seren Sensei que diz que usa a sua mistura cultural para se dar bem.

14 de março de 2018 às 14:50Bruno Mars acusado de apropriação cultural

Bruno Mars está a ser acusado pela escritora Seren Sensei de apropriação cultural. A polémica está a desenrolar-se no Twitter, como pode ver mais abaixo, onde circula um vídeo de Sensei.

O cantor, que nasceu no Havai e é filho de pai com ascendência porto-riquenho e mãe filipina, tornou-se alvo de uma discussão acesa naquela rede social.

No vídeo, ouve-se a escritora a dizer: "O Bruno Mars é totalmente um apropriador cultural. Não é negro, de todo, e joga com a sua ambiguidade racial para cruzar géneros". A escritora defende, também, que "as pessoas perceberam que preferem a sua música negra e a sua cultura negra num rosto não negro".

As declarações de Sensei foram aplaudidas por muitos no Twitter mas também deram origem a reações de comentadores negros que não concordam com as suas afirmações. "Em lado nenhum, o Bruno Mars é uma pessoa branca", escreveu Marjua Estevez, editora da revista Vibe, "dada a sua ascendência porto-riquenha e filipina... Ooderíamos defender que a arte do Bruno vem de conhecimento e influências intrínsecas".

 

  • Partilhar

Relacionadas

  • Bruno Mars é o grande vencedor dos Grammys
    29 de janeiro de 2018
    Bruno Mars é o grande vencedor dos Grammys
  • Bruno Mars é a primeira atracção confirmada do iHeartRadio Music Awards 2017
    06 de janeiro de 2017
    Bruno Mars é a primeira atracção confirmada do iHeartRadio Music Awards 2017
  • Bruno Mars no Carpool Karaoke
    14 de dezembro de 2016
    Bruno Mars no Carpool Karaoke
  • Lady Gaga, Bruno Mars e The Weeknd no Victoria's Secret Fashion Show
    07 de dezembro de 2016
    Lady Gaga, Bruno Mars e The Weeknd no Victoria's Secret Fashion Show

Caso tenha algum comentário a fazer:

Back to Top