Comissão Europeia alerta para brinquedos perigosos

Em Portugal, houve 40 notificações: 70% a veículos motorizados, 15% a brinquedos e 10% a produtos cosméticos.

12 de março de 2018 às 16:00Comissão Europeia alerta para brinquedos perigosos

Os brinquedos são os produtos com mais notificações no sistema de alerta rápido para os produtos perigosos. A informação é da Comissão Europeia, que divulgou hoje um relatório com o número de alertas de 2017.

Os brinquedos lideram a tabela com 29% de notificações. 

O relatório coloca os veículos motorizados em segundo lugar, com 20%, à frente do vestuário e dos artigos de moda, que reuniram 12% do total de notificações.

Em Portugal, os brinquedos surgem em segundo lugar dos produtos com mais notificações (15%). À frente, só os veículos motorizados com 70% dos alertas. Os produtos cosméticos surgem em terceiro lugar (10%).

O relatório revela que os riscos de lesão são os principais tipos de riscos denunciados: 28% na Europa e 60% em Portugal. O risco químico surge logo depois (22% e 23%, respetivamente), e Portugal ainda contou com 5% de notificações por risco de sufocamento.

Os fidget spinners foram considerados os brinquedos mais perigosos.  
 
O relatório juntou um total de 31 países: União Europeia, Islândia, Noruega e Listenstaine. 
 

  • Partilhar

Caso tenha algum comentário a fazer:

Back to Top