No Dia Internacional do DJ, Overule fala-nos sobre o álbum novo e o prémio da MTV

A comemorar 13 anos de carreira, o primeiro DJ nacional a ganhar o prestigiado prémio MTV EMA, Best Portuguese Act, está a lançar o álbum de estreia.

09 de março de 2018 às 14:20No Dia Internacional do DJ, Overule fala-nos sobre o álbum novo e o prémio da MTV

DJ Overule está a lançar o seu álbum de estreia, "It's Not Over". Parte das receitas obtidas com o trabalho revertem para os Bombeiros de Portugal.

DJ Overule, ou Bruno Castro, está a comemorar 13 anos de carreira como profissional. O novo single, 'Só Vim Para Dançar', que pode ouvir mais abaixo, é composto por um instrumental future bass que contrasta com as palavras de Pedro Pode. Com uma carreira marcante na área do hip hop,  para Bruno Castro o disco era a peça que faltava ao seu lado musical enquanto produtor. "It's Not Over" junta Virgul, Wet Bed Gang, GROGNation, Fábia Maia, Pedro Pode, Ninja Kore ou RIOT em 13 temas.

Conseguir a confiança do público e o respeito dos parceiros, é o resultado de um caminho onde, contou à nossa rádio, sempre foi genuíno consigo próprio. 

 

 

No ano passado, Overule tornou-se no primeiro DJ nacional a ganhar o prestigiado prémio MTV Europe Music Awards, Best Portuguese Act, atribuído na gala dos prémios MTV EMA 2017, que decorreu no The SSE Arena, em Wembley, em Londres. O prémio foi atribuído por votação pública. Para trás ficaram outros reconhecimentos por parte da revista de música eletrónica "Dance Club" e nos Wave Awards que o destacaram como melhor DJ de bass music.

Depois de conquistar o título da MTV, o DJ admite à nossa rádio que voltou a ser contactado para mais espetáculos embora, na prática, pouco tenha mudado.

 

 

Overule é reconhecido como um dos melhores DJs portugueses e procurado por grandes clubes tanto na Europa como na América. Inspirar os outros, é algo que Overule gostava que viesse a acontecer.

 

 

O atual disco vai funcionar mais como uma compilação de temas que Overule pretende usar nos seus sets, uma vez que não será fácil trazer toda esta gente e toda a produção para cima de um palco.

O percurso na noite nem sempre foi fácil e obrigou a alguns sacrifícios pessoais, como o abandono do primeiro curso superior, mas com uma gestão disciplinada de tempos, diz-nos que acaba por conseguir fazer o que pretende. Apesar de todo o crescente reconhecimento do público e da crítica, e das salas cheias além fronteiras, há uma noite que não lhe sai da cabeça, revelou-nos.

 

 

Nas redes sociais, o DJ partilha as datas dos espetáculos que estão para vir.

 

 

  • Partilhar

Caso tenha algum comentário a fazer:

Back to Top