Trabalhadores e utentes dos CTT protestam hoje

No Parlamento são ouvidas várias entidades sobre a reestruturação dos Correios.

12 de janeiro de 2018 às 09:27Trabalhadores e utentes dos CTT protestam hoje

Os trabalhadores dos CTT protestam esta quinta-feira contra o fecho de 22 balcões em todo o país. Desde a privatização da empresa já encerraram 75 postos. Protesto no dia em que a Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas ouve, no Parlamento, várias entidades sobre a reestruturação dos Correios.

O  Movimento de Utentes dos Serviços Públicos (MUSP) é um dos convocados para a audição parlamentar. A coordenadora do movimento, Cecília Sales, diz que "vai tentar compreender o encerramento das estações, algumas delas sem aviso".

Para o MUSP, os CTT devem ser serviço público e de proximidade e "o Governo deve repudiar o encerramento das 22 estações". 

Cecília Sales denuncia ainda a "regressão e demora no serviço postal". Também que "este serviço faz falta aos mais idosos (e não só) e que a mobilidade será "uma das principais dificuldades que as pessoas vão enfrentar depois do fecho das estações". 

O MUSP junta-se aos protetos dos trabalhadores dos CTT, esta quinta-feira.

O Bloco de Esquerda vai estar igualmente em protestos junto das estações , mas o Musp diz que são manifestações independentes uma da outra.

  • Partilhar

Caso tenha algum comentário a fazer:

Back to Top