Incêndios: Luís Figo apoia reflorestação

A Fundação Luís Figo decidiu associar-se à Quercus e vai doar 1000 árvores para a reflorestação do país.

25 de outubro de 2017 às 19:42Incêndios: Luís Figo apoia reflorestação

O antigo futebolista Luís Figo manifestou hoje "consternação e pesar perante os terríveis incêndios" de dia 15 e anunciou que vai doar, através da sua fundação, mil árvores para apoiar o esforço de reflorestação.

"Não quero deixar de expressar a minha consternação e pesar perante os terríveis incêndios que devastaram o nosso país, apresentando as minhas sinceras condolências a todos os familiares das vítimas", disse o antigo jogador, citado em comunicado da Fundação Luís Figo.

A instituição doou mil árvores numa parceria com a Quercus, que vai plantar as árvores "em áreas classificadas do norte e centro de Portugal", com o objetivo de criar "bosques autóctones que ofereçam uma maior resistência à propagação dos incêndios e são melhores para amenizar o clima, promover a biodiversidade, proteger a paisagem, a água e os solos".

As centenas de incêndios que deflagraram no dia 15, o pior dia de fogos do ano, segundo as autoridades, provocaram 45 mortos e cerca de 70 feridos, perto de uma dezena dos quais graves.

Os fogos obrigaram a evacuar localidades, a realojar as populações e a cortar o trânsito em dezenas de estradas, sobretudo nas regiões norte e centro.

Esta é a segunda situação mais grave de incêndios com mortos em Portugal, depois de Pedrógão Grande, em junho deste ano, em que um fogo alastrou a outros municípios e provocou, segundo a contabilização oficial, 64 vítimas mortais e mais de 250 feridos. Registou-se ainda a morte de uma mulher, que foi atropelada quando fugia deste fogo.
 

 

  • Partilhar

Caso tenha algum comentário a fazer:

PUB
Back to Top