George Michael queria ser lembrado como alguém íntegro

A revelação foi feita pelo próprio num novo documentário que sai na próxima semana.

11 de outubro de 2017 às 13:30George Michael queria ser lembrado como alguém íntegro

George Michael fala abertamente sobre a sua vida num novo documentário que vai estrear na próxima semana na televisão inglesa. A notícia foi dada pelo jornal Metro.

Em "George Michael: Freedom" o cantor, falecido em 2016, diz que gostaria de ser recordado pela sua integridade e considerava a sua vida "uma perda de tempo e de esforço". O artista esteve envolvido na realização do filme até dois dias antes de morrer, a 25 de dezembro.

No documentário estão entrevistas ao próprio mas também a colegas e amigos como Elton John, Liam Gallagher, Kate Moss, Stevie Wonder, Naomi Campbell ou Mary J. Blige. Ainda segundo o jornal Metro, as declarações de George Michael foram gravadas pela MTV. No excerto, o músico é questionado sobre a forma como gostaria de ser recordado depois de morrer. "Como um grande escritor de canções", começou por responder, "e espero que as pessoas pensem em mim como alguém que tinha alguma integridade. Espero ser lembrado por isso, de certa forma, mas é pouco provável. Foi tudo uma perda de tempo e de esforços".

Veja, mais abaixo, o trailer do documentário.

 

 

  • Partilhar

Relacionadas

  • Já é conhecida a última música de George Michael
    08 de setembro de 2017
    Já é conhecida a última música de George Michael
  • Família de George Michael fala sobre música nova do cantor
    07 de setembro de 2017
    Família de George Michael fala sobre música nova do cantor
  • Vídeo da canção tributo de Geri Halliwell a George Michael
    22 de junho de 2017
    Vídeo da canção tributo de Geri Halliwell a George Michael

Caso tenha algum comentário a fazer:

PUB
Back to Top