Proteção Civil garante que comunicações nunca estiveram comprometidas em Alijó

Há relatos de falhas no SIRESP, durante o dia de ontem. Proteção Civil garante, em comunicado, que comunicações não ficaram comprometidas.

TIAGO PETINGA/LUSA
17 de julho de 2017 às 17:38Proteção Civil garante que comunicações nunca estiveram comprometidas em Alijó

A Proteção Civil garante que as comunicações do SIRESP nunca estiveram comprometidas durante o incêndio de Alijó. 

Durante o dia de ontem, foram registadas falhas no sistema de comunicações de emergência. Hoje, em comunicado, a Proteção Civil esclarece que algumas das intermitências pontuais são comuns nos fogos de grande dimensão. 

"Foram registadas algumas intermitências pontuais, todavia comuns a todos os teatros de operações de grande dimensão, para as quais a ANPC de imediato acionou, através da Secretaria-Geral da Administração Interna (SGMAI), uma estação móvel que já se encontrava preposicionada no Porto", refere a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), em comunicado.

A ANPC refere ainda que, como medida de precaução, foi também preposicionada em Viseu, outra estação móvel de comunicações que "poderá ser de imediato acionada, caso se justifique", em outro incêndio.

O incêndio de Alijó começou na madrugada de domingo. Pelas 13h de hoje chegou perto da aldeia de Santa Eugénia, mas não ameaçou a povoação.
 

  • Partilhar

Relacionadas

17 de julho de 2017
Oposição reforça críticas ao Governo pelas falhas no SIRESP

Caso tenha algum comentário a fazer:

Mais Notícias

Fernando Gomes nomeado vice-presidente da FIFA
Mosquito identificado sem indícios de infeção
Queda de ultraleve faz um morto na Comporta
Sismo de 6,1 no Japão
Madrid recebe final da Liga dos Campeões
Sia lança vídeo de 'Rainbow'
Miley Cyrus volta a despir-se: desta vez para a Taschen
MAI investiga caso das licenciaturas na Protecção Civil
Avril Lavigne é a figura mais perigosa para se pesquisar na Internet
PUB
Back to Top