Proteção Civil garante que comunicações nunca estiveram comprometidas em Alijó

Há relatos de falhas no SIRESP, durante o dia de ontem. Proteção Civil garante, em comunicado, que comunicações não ficaram comprometidas.

TIAGO PETINGA/LUSA
17 de julho de 2017 às 17:38Proteção Civil garante que comunicações nunca estiveram comprometidas em Alijó

A Proteção Civil garante que as comunicações do SIRESP nunca estiveram comprometidas durante o incêndio de Alijó. 

Durante o dia de ontem, foram registadas falhas no sistema de comunicações de emergência. Hoje, em comunicado, a Proteção Civil esclarece que algumas das intermitências pontuais são comuns nos fogos de grande dimensão. 

"Foram registadas algumas intermitências pontuais, todavia comuns a todos os teatros de operações de grande dimensão, para as quais a ANPC de imediato acionou, através da Secretaria-Geral da Administração Interna (SGMAI), uma estação móvel que já se encontrava preposicionada no Porto", refere a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), em comunicado.

A ANPC refere ainda que, como medida de precaução, foi também preposicionada em Viseu, outra estação móvel de comunicações que "poderá ser de imediato acionada, caso se justifique", em outro incêndio.

O incêndio de Alijó começou na madrugada de domingo. Pelas 13h de hoje chegou perto da aldeia de Santa Eugénia, mas não ameaçou a povoação.
 

  • Partilhar

Relacionadas

  • Oposição reforça críticas ao Governo pelas falhas no SIRESP
    17 de julho de 2017
    Oposição reforça críticas ao Governo pelas falhas no SIRESP

Caso tenha algum comentário a fazer:

PUB
Back to Top