Reforço no combate ao incêndio de Alijó

No terreno estão mais de 400 operacionais e já foram mobilizados meios aéreos.

LUSA
17 de julho de 2017 às 07:05Reforço no combate ao incêndio de Alijó

(atualizada às 9h11)

A Autoridade Nacional de Proteção civil reforçou o combate no incêndio que deflagrou no domingo em Vila Chã, Alijó, distrito de Vila Real.

Mais de 400 operacionais estão no terreno e já foram acionados, pelo menos, quatro meios aéreos.

As autoridades esperam também a chegada de mais máquinas de rasto do exército, além de mais quatro pelotões de militares.

Em declarações à RTP, o comandante Pedro Nunes, adjunto do comando nacional da Proteção Civil, garantiu que não há povoações em risco e "a situação está francamente melhor (...) mas o incêndio não está ainda dominado".

O alerta para o incêndio de Vila Chã foi dado cerca das 02h00 de domingo, o fogo chegou a ser dado como dominado ao início da tarde, mas verificou-se, depois, uma forte reativação.

Durante a tarde de domingo, mais de 30 pessoas foram retiradas das aldeias, mas já regressaram a casa.

Quanto às falhas de comunicação, Álvaro Ribeiro, do CDOS de Vila REal, disse que o elevado número de chamadas provocou "alguns tempos de falha de comunicações, mas nunca inviabilizaram as comunicações entre as equipas, posto de comando e sectores".

Para o terreno, foi mobilizada uma carrinha com dispositivo SIRESP.

 

  • Partilhar

Caso tenha algum comentário a fazer:

Mais Notícias

Morreu o vocalista dos Linkin Park
Portugal sem sardinhas? Bruxelas diz que não há motivo para alarme
Desportivo das Aves - Sporting abre a época a 6 de agosto
Pink criticada em foto com o filho
Protesto dos enfermeiros especialistas considerado "ilegítimo"
Falta uma semana para a Expofacic
Fundador da Altice acredita em final feliz para a compra da Media Capital
Venezuela: saúde, habitação e emprego são problemas de madeirenses que regressam
Governo garante que vai continuar a haver sardinha
PUB
Back to Top