2017: o último Marés Vivas na praia do Cabedelo

Segundo o Observador o festival já tem dois locais possíveis a partir do próximo ano.

13 de julho de 2017 às 12:052017: o último Marés Vivas na praia do Cabedelo

A edição deste ano do Marés Vivas, que começa amanhã, é a última a realizar-se na Praia do Cabedelo. A notícia é do jornal Observador que cita Jorge Lopes, o diretor do festival.

A nova localização ainda não está decidida, estando duas opções em cima da mesa mas, segundo Jorge Lopes, vai manter-se em Gaia "à beira-rio ou junto ao mar, num espaço incrível... Provavelmente junto deste rio maravilhoso que é o Douro".

Após a polémica com a Quercus, que em 2015 apresentou duas providências cautelares devido ao facto do atual recinto estar próximo do Estuário do Rio Douro, o novo recinto do festival ficará perto da água e aumenta a capacidade de 25 mil para 40 mil espectadores.

"Vamos aumentar a lotação do festival, que tem sido um problema dos últimos anos porque esgota sempre. Vamos dar mais um passo em frente", afirma o responsável pela PEV Entertainment, promotora que organiza o festival. "O Sting já esgotou há mês e meio, poderíamos vender o dobro", diz, acrescentando que, com mais espaço e mais receitas de bilheteira, "o cartaz será pelo seu todo muito mais forte".

Veja aqui como chegar e o que esperar do festival deste ano.

  • Partilhar

Relacionadas

11 de julho de 2017
MEO Marés Vivas: informações úteis
28 de junho de 2017
MEO Marés Vivas esgotado
21 de abril de 2017
Filho de Sting no MEO Marés Vivas

Caso tenha algum comentário a fazer:

Mais Notícias

Alemanha/Eleições: Merkel vence e extrema-direita é a terceira força política
Tancos/armas: Presidente ficou preocupado com relatório, mas já não está
Morreu o bispo emérito de Setúbal
Vitória de Guimarães derrota Marítimo e nega-lhe terceiro lugar na I Liga
Mundiais ciclismo: Peter Sagan campeão pela terceira vez consecutiva
PCP quer repor indemnizações no despedimento sem justa causa
Enfermeiros especialistas garantem resposta a processos disciplinares
Miguel Oliveira no pódio do GP de Aragão
Terra volta a tremer no México
PUB
Back to Top