Novas tecnologias podem melhorar vida dos diabéticos em breve

As bombas de insulina podem vir a ser fulcrais para melhor a qualidade de vida dos diabéticos. Tal como na diminuição do número de mortes derivadas da doença.

19 de maio de 2017 às 13:19Novas tecnologias podem melhorar vida dos diabéticos em breve

O número de diabéticos em Portugal tem vindo a aumentar acentuadamente nos últimos dois anos, com cerca de 160 pessoas a serem diagnosticadas por dia com esta doença.  

A Associação Protetora dos Diabéticos (APDP) celebra este sábado, 20 de maio, 91 anos.

A data vai ser assinalada com um encontro alargado em Sintra, onde haverá um debate sobre a utilização das novas tecnologias como uma ferramenta essencial para melhorar as condições de vida de que tem diabetes.

O advento tecnológico promete melhorar substancialmente a vida de quem sofre de diabetes.

João Filipe Raposo, da APDP, explica como as novas tecnologias podem facilitar o quotidiano de um diabético.

 

Em média, a diabetes matou 12 pessoas por dia ao longo dos dois últimos anos.

Hoje, os números mostram que existem cerca de três milhões de portugueses com diabetes ou em situação de pré-diabetes. 

João Filipe Raposo adianta que as bombas de insulina de administração contínua são uma das soluções que pode vir a ser determinante para melhorar a qualidade de vida dos diabéticos. 

A utilização de novas tecnologias na diabetes já é uma realidade em Portugal.

Contudo, o número de doentes que utiliza estas novas tecnologias ainda é residual. 

João Filipe Raposo adianta que a discussão neste momento prende-se com a necessidade do acesso a estes equipamentos para o maior número de diabéticos possível. 

 

Em Portugal, 27% da população adulta está numa situação de pré-diabetes.

O número de diabéticos tem vindo a subir de forma significativa nos últimos dois anos.

João Filipe Raposo revela o que está a ser feito a nível nacional para que a diabetes não se tornem uma epidemia nacional.

A Associação Protetora dos Diabéticos assinala 91 anos, este sábado com o "Grande Encontro da APDP" que vai realizar-se em Sintra.

Durante o encontro haverá debates, atividades físicas, showcookings e homenagens a pessoas que vivem com esta doença há mais de 50 anos.
 

  • Partilhar

Caso tenha algum comentário a fazer:

Mais Notícias

Castro Daire: Confirmada morte do piloto do helicóptero
FC Porto vence Moreirense com 'hat-trick' de Aboubakar e alcança trio da frente
Corpos das portuguesas mortas em Barcelona entregues às famílias
Último dia de campanha em Angola
Minuto de silêncio no bloco da piscina
"Be Here Now": Há 20 anos os Oasis lançavam o álbum mais rapidamente vendido na história de Inglaterra
Erro de operação levou ao atraso de 17 voos no Aeroporto de Lisboa
Morreu Jerry Lewis
A4 reaberta ao trânsito, próximo de Vila Real
PUB
Back to Top