Suécia deixa cair investigação a Julian Assange

Ministério Público sueco investigava alegados crimes de violação e abuso sexual cometidos pelo fundador do Wikileaks.

19 de maio de 2017 às 10:20Suécia deixa cair investigação a Julian Assange

O Ministério Público sueco deixou cair a investigação preliminar às acusações de violação e abuso sexual por parte do fundador do Wikileaks, Julian Assange.

Chega assim ao fim uma batalha legal que já durava há sete anos. Falta ainda revogar o mandato de detenção por Assange.

O fundador do Wikileaks, de 45 anos, está refugiado na embaixada do Equador, em Londres, desde 2012.

Isto de forma a evitar a extradição da Suécia para os Estados Unidos, país particularmente visado pelo Wikileaks com revelações de documentos secretos e trocas de e-mails diplomáticos confidenciais.

  • Partilhar

Caso tenha algum comentário a fazer:

PUB
Back to Top