Produtor do novo EP de Prince processado

Acusação alega que a publicação de "Deliverance" é feita sem a autorização do cantor.

20 de abril de 2017 às 10:00Produtor do novo EP de Prince processado

O lançamento do EP de Prince, "Deliverance" - que estava marcado para esta sexta-feira - e a publicação do tema-título na plataforma de streaming da Apple levou a representação do cantor e do seu complexo de estúdios de Paisley Park a avançar com um processo judicial contra Ian Boxill, o coprodutor e coautor do disco de seis faixas.

A representação de Prince alega que a publicação de "Deliverance" é feita "sem a autorização" do cantor, quebrando o acordo assinado com o malogrado cantor, em que Ian Boxill se comprometia a respeitar as gravações como "propriedade exclusiva do cantor" e que nunca faria uso de "quaisquer gravações em nenhum modo". Segundo a entidade de Prince, estes são alguns dos termos dos contratos que os engenheiros de estúdio tinham que assinar sempre que trabalhavam com o autor de 'Purple Rain'.

Como consequência desta ação judicial, a música de Prince 'Deliverance' foi já removida do iTunes onde estava em escuta na América do Norte desde terça-feira.

O lançamento do EP de Prince, "Deliverance", agendado para amanhã, 21 de abril, pretendia assinalar um ano sobre a morte do cantor, que tinha 57 anos de idade.

Prince marcou os anos 80 e 90 com álbuns como 1999, "Purple Rain", "Sign o' the Times" ou "Diamonds and Pearls", e com uma fusão indistinta entre funk, soul, rock e até, mais tarde, hip hop.

 

  • Partilhar

Relacionadas

19 de abril de 2017
EP póstumo de Prince sai esta sexta-feira
17 de março de 2017
New Power Generation de Prince de volta aos palcos
16 de março de 2017
Ex-mulher de Prince lança biografia do cantor
13 de fevereiro de 2017
Prince: aberta a caça ao arquivo

Caso tenha algum comentário a fazer:

Mais Notícias

Número de mortos por causa dos incêndios sobe para 44
Proteção Civil volta a ter Secretaria de Estado
Um morto e dois feridos após arrastamento por onda em Aljezur
Portugal e Espanha vão acionar de forma coordenada fundo de solidariedade
Parlamento aprova Ordem dos Fisioterapeutas
Cerca de 3,6 milhões de pensões aumentadas em janeiro
Incêndios: Cáritas Portuguesas abre conta solidária
Jessie Ware nos lançamentos de hoje
ANACOM recomenda cabos subterrâneos na reconstrução depois dos incêndios
PUB
Back to Top