Sindicato dos inspectores do SEF discute falta de meios com governo

O sindicato pede mais inspectores e meios de segurança.

20 de março de 2017 às 09:06Sindicato dos inspectores do SEF discute falta de meios com governo

O sindicato que representa os inspectores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) vai pedir hoje ao governo um reforço dos meios.

 A falta de pessoal e de meios no serviço de segurança são dois dos temas que vão ser discutidos esta segunda-feira com a ministra da Administração Interna.

Acácio Pereira, presidente do Sindicato da Carreira de Investigação e Fiscalização do SEF, alerta para a falta de inspectores em todo o país e, sobretudo no aeroporto de Lisboa. O sindicalista refere que o número de inspectores é insuficente face ao aumento do número de passageiros nos aeroportos.

"Há um estrangulamento no SEF ao nível do pessoal e de meios", declarou o presidente do sindicato, Acácio Pereira

Actualmente está a decorrer uma formação com 45 elementos, tal como já aconteceu no final de 2016. Este concurso interno já foi feito pelo Governo anterior.

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras tem 750 inspetores.

 

  • Partilhar

Caso tenha algum comentário a fazer:

Mais Notícias

Greve afeta ligações fluviais entre Lisboa e margem sul
Rottweiler ataca criança de quatro anos
Jorge Simão já não é treinador do SC Braga
Cruyff dá nome a estádio do Ajax
Ataque em São Petersburgo (finalmente) reivindicado
Marcelo pede mais riqueza
AR evoca Mário Soares e os 43 anos de democracia
Elton John cancela concertos devido a infeção rara
25 de Abril em São Bento
Back to Top