Bandas cancelam actuações por não poderem entrar nos Estados Unidos

Segundo alguns artistas previstos no festival "South by Southwest" a situação deve-se ao regime político actual de Donald Trump.

15 de março de 2017 às 12:07Bandas cancelam actuações por não poderem entrar nos Estados Unidos

Pelo menos 4 bandas estrangeiras que tinham participação no festival ¿South by Southwest¿, nos Estados Unidos, foram obrigadas a cancelar actuações após ter-lhes sido negado o visto.

O ¿South by Southwest¿ trata-se de um festival que se realiza anualmente em Austin, no Texas, e é reconhecido por ser palco de diversos artistas internacionais.

Este ano o grupo londrino "United Vibrations", composto pelos irmãos Ahmad, Kareem e Yussef Daves, não conseguiu garantir a presença no festival por não ter conseguido a autorização para entrar nos EUA. A situação, segundo um desabafo da banda, deve-se ao actual regime de Donald Trump.

 

"Esperávamos encontrar-nos com os nossos irmãos e irmãs nos Estados Unidos para partilhar a nossa música. Por que não nos deixaram entrar? Por causa dos nossos nomes? Pela música? Pela cor da nossa pele?", partilhou a banda na página oficial do Facebook.

A situação não foi particular, outros artistas estrangeiros também foram impedidos de actuar no festival por razões idênticas, como Yusseff Kamaal, a banda italiana Soviet Soviet e a banda egípcia Massive Scar Era.

  • Partilhar

Caso tenha algum comentário a fazer:

Mais Notícias

Greve na TAP ao trabalho extraordinário durante todo o verão
Oito detidos em Manchester
Alunos de escola em protesto contra a homofobia
Ana Bacalhau estreia-se a solo
PSP antecipa final da Taça de Portugal
A união dos "rivais" de Manchester
Álbum de Lana Del Rey sai a 21 de julho
Trump e Papa Francisco: a internet não perdoa
Manchester: Reino Unido termina colaboração com serviços secretos norte-americanos devido a fugas
PUB
Back to Top