Processadas as agências que cancelaram os concertos de Mariah Carey

O Procon-SP já processou a Stage Entertainment, a Lens Events e a Ingresso Rápido.

14 de fevereiro de 2017 às 14:55Processadas as agências que cancelaram os concertos de Mariah Carey

As agências brasileiras de espectáculos Stage Entertainment, a Lens Events e a Ingresso Rápido esão a ser processadas pelo Procon-SP pelo cancelamento dos concertos de Mariah carey no Brasil. A notícia é do jornal Folha de S. Paulo que explica que as multas foram aplicadas porque as empresas não devolveram aos consumidores o dinheiro correspondente aos bilhetes vendidos para os concertos que iriam realizar-se em São Paulo, Curitiba e Porto Alegre.

Por outro lado, as empresas multadas expressaram as suas posições sobre o ocorrido. A Stage revelou que não falhou nenhum acordo e que a culpa do cancelamento da passagem de Mariah pelo Brasil foi de uma produtora chilena.

Já a Ingresso Rápido declara que devolveu as quantias para as empresas responsáveis. A Lens foi a única que não se pronunciou sobre o assunto.

  • Partilhar

Relacionadas

02 de janeiro de 2017
Mariah Carey pode ser processada
02 de janeiro de 2017
Mariah Carey lamenta actuação falhada
07 de fevereiro de 2017
Mariah Carey queima vestido de noiva
10 de janeiro de 2017
Mariah Carey está zangada e sai das redes sociais
29 de dezembro de 2016
Elton John, Mariah Carey e Bob Geldof em tributo a George Michael

Caso tenha algum comentário a fazer:

Mais Notícias

Macron ou Le Pen: um vai ser o presidente francês
Portimonense sobe à I Liga
Sarampo já afecta 18 países europeus
Gabriel Macchi conquista medalha de prata na Maratona de Londres
Franceses em Portugal esperam uma hora para votar
Final da Taça: bilhetes à venda a 9 de Maio
Jessica Augusto vence maratona de Hamburgo
Morreu Erin Moran
Derby: três detidos e um ferido ligeiro
Back to Top