Luta contra cancro de Bowie acaba três meses antes da morte

Cantor gravou derradeiro álbum "Blackstar" sem saber que ia morrer.

06 de janeiro de 2017 às 10:34Luta contra cancro de Bowie acaba três meses antes da morte
No documentário da BBC “David Bowie: The Last Five Years”, a ser exibido amanhã na estação, é revelado que o Camaleão soube do diagnóstico de morte certa três meses antes do óbito a 10 de Janeiro de 2016 (há quase um ano).

O final dos tratamentos contra o cancro em Setembro coincide com a gravação do vídeo de uma das canções do derradeiro álbum “Blackstar”, ‘Lazarus’, o que desmistifica alusões de que David Bowie deitado na cama e vendado no teledisco pudesse ter a ver como o simbolismo da sua morte.

“Para mim, tinha a ver com o aspecto bíblico, o homem que se reergueria. Não tinha nada a ver com o facto de estar doente”, diz no documentário Johan Renck, o autor do videoclipe de ‘Lazarus’ – que podem ver em baixo.
 
O álbum “Blackstar” é caracterizado pela morbidez das canções, com referências que pareciam ligar-se ao seu estado de saúde. Mas no documentário é revelado que David Bowie “estava no topo da sua forma”, quando gravou “Blackstar”, segundo palavras do produtor e velho colaborador Tony Visconti. O cantor não sabia que ia morrer durante os trabalhos de estúdio para “Blackstar” entre Janeiro e Maio de 2015.
 


   






 
  • Partilhar

Relacionadas

19 de dezembro de 2016
2016: os campeões de vendas
27 de dezembro de 2016
2016: obituário de músicos
27 de dezembro de 2016
Como Bowie e Prince admiraram George Michael
03 de novembro de 2016
David Bowie em Londres e na Apple

Caso tenha algum comentário a fazer:

Mais Notícias

Macron ou Le Pen: um vai ser o presidente francês
Portimonense sobe à I Liga
Sarampo já afecta 18 países europeus
Gabriel Macchi conquista medalha de prata na Maratona de Londres
Franceses em Portugal esperam uma hora para votar
Final da Taça: bilhetes à venda a 9 de Maio
Jessica Augusto vence maratona de Hamburgo
Morreu Erin Moran
Derby: três detidos e um ferido ligeiro
Back to Top