Ai Destino, Ai Destino

Todas as semanas, a Rádio Comercial dá-lhe o roteiro perfeito para a sua viagem.

Descarregue o podcast e apanhe boleia com a Comercial. 

Sempre à segunda-feira, um novo episódio com histórias de viagens de figuras da Rádio Comercial e de personalidades da música e cultura. 

Com ANA MARTINS, locutora - e guia turística noutra vida.

Sonoplastia de MÁRIO RUI, o mago do som! 

AI DESTINO, AI DESTINO

  • 2018-05-21Carolina Deslandes no Rio de Janeiro
    0:00
    0:00

    Quando tinha 18 anos, Carolina Deslandes passou um mês no Rio com amigos que são quase família. Foi lá que ganhou o hábito do "pré", que é nada mais que beber uns copos em casa de amigos antes de se sair à noite; foi lá que descobriu o bar 3 Pistas, de fazer inveja a um Revenge of the 90's; e foi lá que viu um concerto incrível de Yamandu Costa, mesmo sem ter bilhete. É ouvir o podcast para descobrir onde fica, afinal, a melhor lanchonete de sempre. Uma viagem como nas novelas. 

     

  • 2018-05-14Islândia com Joana Baptista
    0:00
    0:00

    A Joana Baptista, mestre do digital, leva a vida a tirar fotografias à equipa da Comercial e fez a viagem da sua vida na mágica Islândia. A cada curva uma paisagem incrível, uma montanha cheia de neve, uma cascata, ou campos de lava. Num país onde se comem cavalos, convém levar o banco de trás cheio de mantimentos quando se faz uma road trip pela ilha. Siga aqui os conselhos e o roteiro da nossa Joana Baptista na Islândia.

    7 dias, 2233 kms: a Islândia é inesquecível.

  • 2018-05-07Nepal com As Boleias da Marta
    0:00
    0:00

    Ela anda à boleia pelo mundo e fez disso profissão. Aos 22 anos, a Marta fez um blog para contar as suas viagens pelo mundo e veio ao podcast da Rádio Comercial falar sobre a mais marcante de todas (até hoje!): o Nepal, onde passou três meses a dar aulas de português, fez trekking nos Himalaias e dormiu num mosteiro budista. “Eles têm uma visão mais ampla da vida”, diz a Marta depois de conversar com os monges, “observam o redor, observam-se a si mesmos e conhecem-se porque têm tempo para se conhecer – páram, reflectem, fazem meditação, e relativizam a vida e não dão tanta importância a certas coisas”. As Boleias da Marta esta semana no Ai Destino, Ai Destino. 

  • 2018-04-30Edimburgo com Pedro Tochas
    0:00
    0:00

    Anda pelo mundo fora com os seus espectáculos de rua e, por isso, sabe do que fala. Pedro Tochas é um artista cheio de mundo e podia ser o convidado permanente deste podcast. Perdoem-nos, mas os primeiros cinco minutos são sobre uma road trip de 26 dias pela Califórnia. E, sim, esta edição é sobre Edimburgo. Lá chegaremos! Até porque é na capital escocesa que acontece todos os Agostos, desde 1947, o Fringe - maior festival de artes e comédia do mundo. No ano passado, Pedro Tochas bateu o seu recorde pessoal e viu 130 espectáculos de comédia só num mês. A cidade até pode exalar mistério, ter circuitos subterrâneos e um castelo incrível a iluminar lá no topo, mas o que o Pedro Tochas destaca mesmo é o Fringe e todos os festivais paralelos que acontecem durante o mês de Agosto em Edimburgo.

    Descubra mais em http://radiocomercial.iol.pt/

  • 2018-04-23Argentina e Patagónia com Patrícia Pereira
    0:00
    0:00

    AI DESTINO, AI DESTINO: ARGENTINA E PATAGÓNIA COM PATRÍCIA PEREIRA

    Sabe aquelas viagens que se fazem uma vez na vida? Não procure mais. Patrícia Pereira, produtora da Rádio Comercial, fez quase toda essa viagem abrindo a janela do quarto com vista para os Andes. Foi ao fim do mundo. "E o fim do mundo é tão bonito", diz ela. Respeitinho, que a natureza é grande e imponente, com glaciares do tamanho de prédios. Então e os três lagos dos “Diarios da Motocicleta”? O melhor é ver as fotos no nosso site. E se a voz da Patrícia ainda tem um sorriso, pode muito bem ser pela alegria do tango a cada esquina.

     

    Descreve como se fosse um postal...

    Seria uma fotografia de uma paisagem natural. A Patagónia é a natureza no seu estado mais puro. Teria de ser uma fotografia de um glaciar e as cores seria azul, branco e verde. Branco puro como a glaciar, azul do céu que se espelha no lago e verde da vegetação que se alimenta de águas tão ricas e milenares.

     

    Experiências a não perder...

    Os cruzeiros de visita aos glaciares Perito Moreno, Upsala e Spegazinni. Mas há mais ... uma volta pelo parque natural da Terra do Fogo a bordo do Fueguino e claro, em Buenos Aires ... Tango! Cara com Cara. Pernas com pernas. E ainda um passeio pelo delta do rio Tigre, com uma série de ilhas onde as pessoas de Buenos Aires têm casas de férias.

     

    Imagens de marca deste sítio...

    A natureza da Patagónia e o Tango em todas as ruas de Buenos Aires.


    Salivei neste Restaurante...

    Esquina Carlos Gardel. Restaurante com show de Tango e comida maravilhosa.

     

    O que tem mesmo que comer...

    A carne argentina. O doce de calafate, feito com uma flor que só cresce em Calafate – e dizem que quem come esse doce vai voltar à Argentina um dia. E há uma coisa muito importante: beber chá mate em cabaças, um ritual entre amigos.

     

    Melhor altura para visitar...

    Novembro e Março... Primavera e início de Outono no hemisfério Sul. As cores da transição são um sonho.

     

    Uma música para quando o avião aterrar...

    De Usuahia a la Quiaca – a banda-sonora do Gustavo Santaolalla para os “Diarios da Motocicleta”.

     

    Um livro para ler no caminho

    “Diarios da Motocicleta” de Ernesto Guevara

     

    Numa frase... Volveria hoy mismo

     

  • 2018-04-16Tailândia com Ana do Carmo
    0:00
    0:00
  • 2018-04-09Paris com Salvador Sobral e Júlio Resende
    0:00
    0:00

    Salvador Sobral e Júlio Resende são dois intelectuais encantadores e só podiam ter escolhido Paris para este podcast. Juntos, formam o projecto Alexander Search.

    O destino fez com que viajassem juntos – e tocassem juntos, num festival de jazz parisiense – e as histórias a dois envolvem alguma cultura e muita gargalhada. Ambos já tinham visitado a cidade luz – o Salvador em pequeno, e o Júlio quando fez Erasmus. Nota: o Salvador gosta dos parisienses porque gosta de ser maltratado.

     

    Um bom sítio para ver concertos...

    A Caveau des Oubliettes, um bar de jazz incrível.

     

    Experiências a não perder...

    Júlio: Andar de bicicleta; a livraria Shakespeare (o primeiro piso é muito bonito e fica de frente para Notre Dame); a Cité Université, um quarteirão universitário com uma arquitectura muito bonita, onde cada país tem uma casa diferente com arquitectura própria;

    Salvador: Comer bem... e Montmarte (onde o Salvador ainda não conseguiu ir porque já não estava bem de saúde na altura).

     

    O que comer....

    Salvador: Eu não tenho nenhum vício, tabaco, nada, mas o único vício é comer bem e comer fora. Eu em Paris comi tudo bem: tailandês, chinês, até comida portuguesa. Acho que o melhor tailandês que comi foi em Paris.

    Júlio: E também os crepes que se vendem na rua. E as castanhas, marron glacé, para quando tiverem frio.

     

    Uma música para quando o avião aterrar...

    Salvador: “Parlez-Moi D'Amour” (Ouça o podcast, o Salvador canta um bocadinho e deixa-o boquiaberto!)

    Júlio: Todo o álbum “Live at Sin-é”, de Jeff Buckley.

     

    Um livro para o caminho...

    Salvador: Acabei agora de ler Balzac, “Illusions perdues”, e vou procurar os locais de que eles falam no livro quando voltar a Paris na próxima semana. Também vou à Ópera por causa do personagem do livro.

    Júlio: Rimbaud e Mário de Sá-Carneiro, que também viveu por lá. Poesia, sim. As margens do Sena são ideais para ler poesia.

     

     

    PRÓXIMOS CONCERTOS DE ALEXANDER SEARCH (2018)

    18 de Maio – Centro Cultural Olga Cadaval em Sintra

    3 de Junho – Casa da Cultura de Ílhavo

    16 de Junho - Cine–Teatro Avenida em Castelo Branco

    14 de Julho – Casa da Música no Porto

  • 2018-04-02Turquia com Luísa Barbosa
    0:00
    0:00

    Uma semana no mar e outra semana em terra. A viagem mais excêntrica de Luísa Barbosa, locutora da Rádio Comercial, em estilo road trip de Ancara até Istambul. 

     

    Descreve a Turquia como se fosse um postal...

    Eu pensaria numa aguarela, mas uma aguarela muito variada. Passei pela Capadócia, com aqueles amarelos e laranja torrados, mas também passei por Pamukale, que é um planalto, e lá em cima é completamente branco porque há umas nascentes de água que deixam sedimentos calcáricos e é como se estivesse sempre cheio de neve. Istambul está cheio de cores, as especiarias... por isso teria de ser uma aguarela muito colorida.

     

    Experiências a não perder...

    Toda a gente fala da Capadócia, mas eu recomendaria Pamukkale. É menos conhecido, mas é interessantíssimo. Foi criado pelos romanos e é muito giro andares a caminhar na água quente. Depois, é em Istambul que tudo acontece. Têm de ir ao mercado de especiarias, com caixotes cheios de especiarias. O Grande Bazar é dos maiores mercados cobertos do mundo e lá encontras chicha, candeeiros, tapetes... A Mesquita Águia Sofia e a Mesquita Azul... A cisterna da Basílica, onde já foram gravados filmes do James Bond... Um banho turco... Os dervixes sufis... A experiência em mar foi muito interessante porque tínhamos uns amigos com carta de marinheiro e, como éramos uns vinte amigos, alugámos dois veleiros, o que acabou por não ficar nada caro. O mar é lindo e a costa é linda.

     

    O que comer...

    Isto foi antes dos Zomatos, por isso mais do que procurar um sítio específico nós quisemos experimentar coisas diferentes: a Baklava, o chá, a chicha (recomendo o tabaco de maçã), as dolmas (arroz e frutos secos enrolados em folhas de videira) e depois, claro, as koftas, aquelas almôndegas turcas.

     

    Imagens de marca da Turquia...

    As mesquitas. É um sítio particularmente interessante porque arquitectonicamente é completamente diferente do que estamos habituados, por ser uma mistura da Europa e Ásia. E depois o Estreito do Bósforo, que é o que separa a parte de Istambul europeia da Istambul asiática – acho que devem fazer esse passeio de ferry. É algo que vem logo à mente quando pensas em Istambul, veres as margens diferentes da cidade. Ah, e os gatos por todo o lado, sobretudo nas marinas!

     

    Uma música para quando o avião aterrar..

    “Here I Go Again On My Own”, dos Whitesnake.

     

    Um livro para ler no caminho...

    O guia, porque há muita coisa para ver. Ou um bom mapa.

     

    A Turquia numa palavra (de preferência na língua local)...

    Tesekkür ederim! Quer dizer “obrigado”!

     

    ----

    Todas as semanas, a Rádio Comercial dá-lhe o roteiro perfeito para a sua viagem.

    Descarregue o podcast e apanhe boleia com a Comercial. 

    Sempre à segunda-feira, um novo episódio com histórias de viagens vividas pela equipa da Rádio Comercial e também por personalidades da música e cultura. 

    Com ANA MARTINS, locutora - e guia turística noutra vida.

  • 2018-03-26México com Ana Isabel Arroja
    0:00
    0:00

    Como tornar a sua segunda-feira mais interessante? Sonhar com o próximo destino de férias.

    Esta semana, a nossa Ana Isabel Arroja recorda o seu destino de sonho: o México, onde passou a lua-de-mel há quinze anos.

    Praia e dolce fare niente na zona da Riviera Maia, com excursão a uma pirâmide em Chichén Itzá.

  • 2018-03-20Brasil com Tiago Salazar
    0:00
    0:00
    Há muitos Brasis dentro de um país que é quase um continente. Tiago Salazar, escritor de viagens e apresentador de televisão, passou quatro meses à descoberta do Brasil na série televisiva “Endereço Desconhecido”. Ainda assim, só desbravou 13 dos 26 estados brasileiros. Aterrou com luvas e gorro, viu neve, andou na Amazónia, no Pantanal, nas grandes cidades... ah, e pelo caminho também viu praia. 
  • 2018-03-12Itália com David Fonseca
    0:00
    0:00
  • 2018-03-02Sidney com The Gift
    0:00
    0:00
  • 2018-02-26Zanzibar com Diogo Beja
    0:00
    0:00
  • 2018-02-19Namíbia e Botswana com HMB
    0:00
    0:00
  • 2018-02-14Amesterdão com Rita Rugeroni
    0:00
    0:00

Veja Também em Podcasts

Recomendamos

Back to Top