AMADORA BD 2017

AMADORA BD 2017

Segunda a Sexta: 9h às 17h

Sábado, Domingo e Feriado: 10h às 21h

A 28ª edição do AmadoraBD abre as portas já no dia 27 de outubro, com o núcleo central das exposições a ter lugar, mais uma vez, no Fórum Luís de Camões. A par das exposições, a programação inclui as habituais sessões de autógrafos, apresentações e lançamentos, sessões de cinema e workshops. O tema da exposição central deste ano é ?CONTAR O MUNDO - A reportagem em banda desenhada?, comissariada por Sara Figueiredo Costa e com cenografia de Catarina Pé-Curto.

Nesta exposição sobre o que é, para muitos, o género nobre do jornalismo serão percorridos temas da atualidade e da história recente a partir de reportagens assinadas por jornalistas de muitas geografias que usam a banda desenhada como linguagem do seu trabalho, a solo ou em parceria. Será uma exposição sobre reportagem e jornalismo, com a particularidade de só mostrar obras em banda desenhada - assumindo a banda desenhada sem fronteiras muito delimitadas, porque serão expostos trabalhos como os de Constantin Guys que são ilustrações de determinados momentos -. O que se pretende é mostrar trabalhos jornalísticos, ou a caminho de o serem, e levantar algumas questões sobre as fronteiras do jornalismo e da reportagem (a questão da objetividade, da imparcialidade e do apagamento do repórter no trabalho), mostrando que a escolha da banda desenhada como linguagem ajuda a levantar estas questões, colocando outras, também.

O autor em destaque é Nuno Saraiva, vencedor do Prémio de Melhor Álbum Português de Banda Desenhada 2016, com o álbum ?Tudo Isto é Fado?, que reuniu um conjunto de curtas narrativas de BD publicadas na extinta revista Tabu do semanário Sol, entre 2014 e 2015, numa edição conjunta EGEAC-Museu do Fado e Sol. A exposição sobre o processo criativo deste álbum terá cenografia de Carlos Farinha.

Este ano a AmadoraBD estará também a comemorar os centenários de dois autores lendários, com duas exposições evocativas - Jack Kirby, com cenografia de Susana Vicente e Will Eisner com cenografia de Rui Horta Pereira. Estas exposições irão reunir pranchas de colecionadores importantes como Tom Kraft, Bechara Maalaf e Denis Kitchen.

 

Bilhetes

Até aos 12 anos*: Gratuito

Público em Geral: 3 ?

Munícipes da Amadora, estudantes, portadores de cartão-jovem, pensionistas e seniores (+65): 2?

Livre-Trânsito: 10 ? (mediante inscrição na base de dados do AmadoraBD)

Gratuito para as escolas da Amadora e instituições de solidariedade social.

*os menores de 12 anos só podem entrar devidamente acompanhados por um adulto.

 

 

Recomendamos

Back to Top